E-commerce bom de SEO? Qual usar?

Convertendo tráfego em vendas

E-commerce bom de SEO? Qual usar?

Calcular ROI SEO para E-commerce

É muito comum as pessoas pedirem por indicações de lojas virtuais boas de SEO e vendas. E sempre foi meu hábito indicar aquelas que conheço por ter trabalhado diretamente ou por relacionamento com a empresa.

Pensando nisso, e motivado pela decisão da Xtech de descontinuar seu serviço, fiz uma lista das plataformas de e-commerce que recomendo profissionalmente. Todas são lojas boas e com bons números. E todas tem pontos de melhoria. Por fim, elas são boas de SEO e de vendas, aguentam o tranco e são bem estáveis.

Neste vídeo aqui eu explico qual é a melhor plataforma de e-commerce para SEO. E um spoiler, isso não existe, por que cada empresa tem um jeito de trabalhar e fazer e-commerce.

Qual plataforma é a melhor em SEO para E-commerce?

Saiba como escolher sua loja!

Antes de começar a questionar se “vtex é boa” é importante entender quais as reais necessidades do seu negócio. Se você nunca vendeu nada, certamente precisa evitar soluções com custo fixo alto ou que demandem forte customização.

Caso seu negócio seja mais estruturado ou uma rede de lojas físicas, por exemplo, vale a pena optar por uma solução mais corporativa.

Há casos de negócios que exigem determinado processo como por exemplo, suporte a dropshipping ou customização de produto. Então é importante elencar essa necessidade logo. O mesmo vale para os serviços que você já usa.

Se usa o ERP Bling, não vai querer migrar para uma plataforma sem um bom suporte a esse sistema. Vale o mesmo se você adora Smarthint ou algum outro serviço.

E também há casos de e-commerces voltados a um nicho ou tipo de cliente. Lojas B2B por exemplo costumam ter demandas não atendidas por todas as plataformas como cálculo de tributos no carrinho.

Opções de lojas virtuais em Saas

O modelo Saas se baseia na terceirização do sistema. O lojista não é dono do código, ele paga para uma empresa desenvolver o código e manter o sistema funcionando. Na minha opinião é a opção mais fácil para quem está começando, fatura menos de R$ 1 milhão ou não tem interesse em manter um time técnico.

Estas são algumas das opções Saas que eu conheço e recomendo. Há outras boas e outras nem tão boas.

E-commerce da Simplo7 é boa?

Simplo7 é um sistema robusto, redondo, simples e direto ao ponto. É uma loja virtual sem muito frufru com ótima taxa de conversão, mas pouca flexibilidade. Lojistas que exigem customizações ou recursos inovadores talvez se frustem com ela.

Eu recomendado para lojas com faturamento até R$ 100 mil / mês principalmente por suas limitações em formas de pagamento.

Vantagens da Simplo7

  • custo
  • facilidade de operar
  • robustez

Desvantagens da Simplo7

  • impossível customizar
  • poucas opções de pagamento
  • falta integração com alguns ERPs

Use o cupom SEOPARAECOMMERCE para ganhar 90 dias grátis -> https://www.simplo7.com.br/

Loja Virtual da Nuvemshop é boa?

A Nuvemshop é um sistema completo, com muitas e muitas integrações. Ela é bastante customizável e bem escalável. Recomendado para lojas de até R$ 1 milhão / mês na versão corporativa.

Vantagens da Nuvemshop

  • custo
  • facilidade de operar
  • muitas integrações

Desvantagens da Nuvemshop

  • difícil customizar (em comparação com soluções mais corporativas)
  • pouca experiência com lojas acima de R$ 1 milhão / mês

Há condições especiais para migração -> https://www.nuvemshop.com.br/

Neste vídeo eu converso com o co-founder da Nuvemshop

Loja virtual iSet é bom para e-commerce?

Esta é uma plataforma completa otimizada para SEO e altamente escalável (ou seja, você não vai precisar trocar de sistema tão cedo). A iSet possui boas integrações e é flexível. Recomendado para quem fatura acima de R$ 50 mil / mês.

Vantagens da iSet

  • custo
  • facilidade de operar
  • muitos recursos
  • SEO

Desvantagens da iSet

  • não é tão flexível
  • dependente de atualizações da plataforma
  • falta integração com alguns ERPs

Use o cupom SEOPARAECOMMERCE para ganhar 90 dias grátis ->   https://www.iset.com.br/

F1 Commerce vale a pena?

Esta é uma solução de e-commerce recomendada para operações B2B. De fato, é a referência em e-commerce para esse segmento. Ela oferece integrações e ferramentas avançadas como televendas, acesso a representante, cálculo de regras tributárias e muito mais coisas legais.

É uma solução de nível corporativo. Espere um setup compatível com as soluções apresentadas e um custo fixo mensal salgado para uma operação pequena.

Vantagens da F1

  • altamente escalonável
  • muitas integrações nativas
  • recursos B2B avançados

Desvantagens da F1

  • custo fixo alto
  • necessita de agência integradora

Há condições especiais para migração -> https://www.nuvemshop.com.br/

Neste post eu falo com o CEO da F1 Commerce

E-commerce da Moovin é bom?

Conheço a Moovin há muitos anos e é uma plataforma bastante robusta. Ela aguenta bem o tranco e não é das mais caras, em comparação com o mercado, possuindo opções de planos de entrada e outros mais corporativos.

Recomendado para lojas com faturamento mensal entre R$ 50 mil e R$ 1 milhão. Possuem um forte diferencial em moda.

Vantagens da Moovin

  • escalonável
  • bom custo
  • robusta e segura

Desvantagens da Moovin

  • difícil customizar
  • não permite alteração no layout por parte do cliente

 

Linx commerce é uma boa opção de e-commerce?

A Linx é a antiga Core, desenvolvida para competir com a Vtex no mercado corporativo. A verdade é que a Linx tem vendido o mesmo sistema para lojistas de todos os portes, então você vai ver tanto corporações gigantes quando PMEs usando Linx. Devido a isso, desenvolvimento e suporte costuma ser mais caro. Mas é uma ferramenta bastante flexível e recomendada para operações acima de R$ 500 mil/mês.

Vantagens da Linxcommerce

  • altamente escalonável
  • muitas e muitas integrações nativas
  • altamente flexível

Desvantagens da Linxcommerce

  • é da Linx
  • custo alto
  • necessita de agência integradora

Neste artigo eu entrevisto o Head de E-commerce da Linx commerce

Loja JET Commerce é boa?

A JET é uma plataforma completa de nível corporativo (ou seja, normalmente é recomendado para empresas maiores). É uma empresa sólida com mais de 20 anos de mercado e tem vários cases. Um dos destaques da JET no momento é sua integração com WhatsApp.

Vantagens JET

  • muito escalonável e flexível
  • muitas integrações (inclusive com o Whats!)
  • modelo comercial flexível

Desvantagens da JET

  • Necessita de agência para integração
  • depende de um suporte profissional

Neste vídeo eu converso com o Henrique Rezende, Growth hacker da JET

Loja VTEX é boa?

A Vtex é líder em e-commerce no mercado brasileiro e, hoje em dia, está com valores acessíveis inclusive para PMEs. Eu recomendo apenas para operações com faturamento acima de R$ 500 mil / mês pelos custos envolvidos em suporte e manutenção.

A Vtex tem uma quantidade gigante de cases de sucesso. Em alguns segmentos eles dominam os principais players. As lojas das 3 principais marcas de linha branca do Brasil (Brastemp, Consul e Electrolux) todas rodam Vtex.

Mas o marketing da Vtex nunca fala das empresas com dificuldades em arcar com o fee mensal da plataforma, acrescido dos valores da agência integradora e do suporte deficiente (pois só se dá através da agência).

Vantagens da Vtex

  • altamente escalonável
  • muitas e muitas integrações nativas
  • altamente flexível

Desvantagens da Vtex

  • suporte apenas via agência
  • tudo é possível, mas a um custo (alto)
  • necessita de agência integradora

 

Opções de lojas virtuais Opensource

Muitos lojistas tem sucesso usando sistemas de e-commerce opensource. Particularmente eu não recomendo opensource, apenas se o empresário tem interesse em investir em estrutura e tecnologia. Se esse for seu caso, há 3 boas opções de plataformas de e-commerce opensource.

Fique atento pois muitos profissionais freelancer e agências pequenas oferecem lojas opensource. Quase sempre o barato sai caro, com custos altos de implantação, hospedagem e manutenção. Sem falar em custos ocultos de upgrades imprevistos.

Atenção! Antes de contratar uma Opensource verifique com cuidado o portfólio do integrador e confirme se essas lojas possuem boas vendas. E nunca contrate sem um fee de manutenção mensal!

Loja em Magento tem boa performance?

Magento E-commerce

O Magento é reconhecido com uma das principais plataformas de e-commerce do mundo. Na minha opinião é uma ótima opção corporativa. Devido ao seu alto custo fixo de implantação e manutenção, eu não recomendo para lojas com faturamento abaixo de R$ 500 mil/mês.

Vantagens do Magento

  • altamente escalonável
  • muitas e muitas integrações nativas
  • altamente flexível (tudo é possível no Magento)
  • qualquer um pode instalar e configurar Magento

Desvantagens do Magento

  • qualquer um pode instalar e configurar Magento, inclusive quem não entende nada de e-commerce
  • depende de um suporte profissional (que tem seu custo)
  • tudo é possível, mas a um custo bem alto
  • você pode fazer o que quiser. Mas aí precisa pagar a manutenção disso também
  • só o custo de  hospedagem é equivalente a um Saas equivalente

Veja mais sobre o Magento.

Loja Opencart vale a pena?

Minha experiência com Opencart é limitada. Mas em todos os casos as lojas tinham boa performance, apesar de um manutenção deficiente. Vou repetir, as lojas que eu vi tinham bastante bugs, pois os empresários precisavam colocar a mão na massa e mexer em configurações que não sabiam fazer.

Mas mesmo assim elas tinham vendas na casa de R$ 100 mil / mês.

Resumindo, é uma opção robusta de e-commerce opensource para empresas pequenas.

Vantagens do Opencart

  • altamente escalonável
  • muitas opções de plugin
  • altamente flexível
  • qualquer um pode instalar e configurar Opencart
  • mais barato que Magento

Desvantagens do Opencart

  • qualquer um pode instalar e configurar Opencart, inclusive quem não entende nada de e-commerce
  • depende de um suporte profissional (que tem seu custo)
  • você pode fazer o que quiser. Mas aí precisa pagar a manutenção disso também

Woocommerce é um bom E-commerce?

Embora eu seja suspeito para falar – porque adoro WordPress!!! – raramente recomendo para um lojista possuir um Woocommerce. Isso porque ele é um plugin e não um e-commerce.

Sim, é verdade que com uma certa dose de trabalho você pode ter um Woocommerce tão bom quanto um Saas, o fato é que custa 20 a 50x mais para fazer isso.

E ainda precisa gerenciar atualizações semanais de plugins que podem derrubar suas vendas de formas imprevisíveis.

Por outro lado, Woocommerce é a opção de plataforma de SEO mais barato. Isso porque ele é um CMS, ou sistema de gestão de conteúdo. Com ele é realmente muito fácil integrar conteúdo e ofertas.

Vantagens do Woocommerce

  • altamente escalonável
  • extremamente flexível (tem plugin para tudo!)
  • SEO imbatível
  • zilhões de opções de plugin
  • qualquer um pode instalar e configurar Woocommerce

Desvantagens do Woocommerce

  • qualquer um pode instalar e configurar Woocommerce, inclusive quem não entende nada de e-commerce, de internet, negócios layout. De fato, pessoas que não entendem nada de nada vendem “lojas virtuais em woocommerce”
  • depende de um suporte profissional (que tem seu custo)
  • você pode fazer o que quiser. Mas aí precisa pagar a manutenção disso também
  • cada plugin é uma fragilidade
  • é comum ter bugs

Veja mais sobre Woocommerce aqui, E não deixe de conferir a entrevista com um dos maiores especialistas em Woocommerce do Brasil.

Sobre o Autor

Daniel Bender
Daniel Bender
Autor do Curso de SEO para E-commerce. Consultor de E-commerce e SEO, com mais de 10 anos de experiência em vendas e 20 anos na internet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *